20 de novembro de 2011

20 de novembro - Mais um dia de LUTA!


Um dia um amigo me perguntou:
- Porque preto tem que ter cabelo rasta ou blackpower, ser do candomblé , curtir maracatu, rap, afrobeat, afoxé, reggae...?
Não, preto não precisa ser assim
Preto pode ser evangélico, ter cabelo alisado, curtir pagode e brega.
O problema não são as ferramentas de uso e sim como nos utilizamos delas!
Na hora da pregação o preto evangélico luta pela a libertação de seu povo?
Ou aliena mais ainda esse povo sofrido, dizendo que só Deus liberta, que após morrer irão ser salvos. Vão pro céu!
E, a vida, aqui, agora, como fica? Deixa ela passar, sem luta? Só Jesus Salva!
Os cabelos lisos refletem a sua opinião sobre seu cabelo ou é mera reprodução do perfil global?
Que dita como as mulheres devem se vestir e que cabelo usar?
As letras de pagode ou de brega falam sobre preconceito, racismo, desigualdade social ou qualquer outro tema que visem a libertação dessa sociedade?
Ou simplesmente musicas que vulgarizam as mulheres e estimulam a prostituição delas, onde crianças são envolvidas pra se tornar mais uma novinha?
Numa total reprodução do que a burguesia quer que nos torne, bestiais, só pra justificar toda opressão que nosso povo viveu e vive.
Esse preto é apenas um preto que não quer se assumir, reproduzindo a lavagem cerebral que sofreu! É o chamado preto de alma branca ou ele nem parece preto!!!
Nosso cabelo, nossa musica e nossa religião representam a luta contra esse sistema repressor, resistência, mudança, luta pra um mundo melhor, sem racismo ou preconceito.
Se seu cabelo, sua música e sua religião representa isso, venha junte-se a nós e vamos lutar!!!

20 de agosto de 2011

Esquecido sim, abandonado jamais!


Meus quase dois leitores não me pedem pra postar, talvez seja um surto de serenidade, mas tem um lado bom eles também não me pediram pra parar de postar. Não sei se esse silêncio agrada ou incomoda, mas sei que a saudade de estar aqui é infinda.
Tantas coisas a gente esquece dinheiro, recado, sombrinha, panela no fogão e horário de reunião.
Tantas coisas a gente abandona roupa velha, coisas que não queremos usá-las, sapato que aperta o pé, amor que não deu certo.
Esqueci de você, em nome do trabalho, da pós, da filha, do amor, da vida, mas não lhe abandono nunca!
Pois, deixar de vir aqui é faltar um pedaço de mim!
Só preciso de um tempo, de me organizar, pra vir mais vezes, falar com meus quase dois leitores.





20 de março de 2011

A ONU (Organizações das Nações Unidas) divulgou que em 2011 será o Ano Internacional para Descendentes de Africanos. Procurando valorizar e promover ainda mais o legado que a África deixou e deixa para as civilizações que se constituíram com o seu povo.
.......
O que seria da nossa musicalidade sem os negros?
Blues, samba, afoxé, maracatu, afrobeat, salsa, reggae, hiphop... dentre tantos outros. Ainda estaríamos nos acordes da musica clássica que na minha opinião serve muito bem pra dormir, pra relaxar, pra ser frio.
Os negros trouxeram paixão, calor, criatividade, colorido pras músicas dos países que eles foram levados como escravizados.
Sem falar dos heróis, pensadores, físicos, matemáticos que a sociedade 'branca' tentou esconder debaixo do tapete por muitos e muitos anos, negando a intelectualidade de muitos negros e ceifando a educação de tantos outros. 
Portanto, precisamos continuar lutando, ainda existe muitos negros nessa situação, aqui e pelo mundo afora.

20 de fevereiro de 2011

Socinheiro


Infelizmente, a nossa sociedade está estruturada pra não dar certo.
Comecemos.
Falasse muito em reciclagem e coleta seletiva, a qual sou adepta ferrenha, separo meu lixo, mas nada é feito de fato pra mudar a realidade: estamos produzindo mais e mais lixo.
Bem que o governo e/ou as pessoas podiam se organizar e produzir embalagens definitivas pra vários produtos que existem tais como leite, suco, refrigerante, iogurte... Mas não pode!
Os fabricantes de embalagens não irão lucrar!
Vamos trocar as sacolas plásticas por bolsas permanentes?
O supermercado já lançou um modelo.
Já podemos comprá-las.
A sua impressora multifuncional quebrou? Não tem problema leva pra consertar!
Não está na garantia, poxa, quanto será?!
O serviço custará R$ 206,35.
Com mais R$ 50,00 compro uma nova com dois anos de garantia e ainda divido em dez vezes sem juros.
Mais um lixo no lixo.

7 de fevereiro de 2011

Solidão

Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência.
Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... Isto é saudade.
Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes, para realinhar os pensamentos... Isto é equilíbrio.
Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente para que revejamos a nossa vida. .. Isto é um princípio da natureza.
Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância.
Solidão é muito mais do que isto.
Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma....


Francisco Buarque de Holanda

9 de janeiro de 2011

O que é que há meu país...

Passei a semana doente, com dengue.
Em pleno exercício das minhas férias dentro de casa, ninguém merece.
Mas hoje decidi assistir o domingo na globo, vê o que rola o que acontece e principalmente a minha opinião sobre.
Nossa foi um dia de 90% de horrores e 10% de uma coisa que poderá ser boa.
A maneira que ela trata a discussão sobre invasão da polícia pelos policiais no Complexo do Alemão, é totalmente errônea, dizendo que agora aquelas crianças terão chances de ter um futuro melhor, deu uma vontade de dá uma gargalhada mas não consegui, fiquei horrorizada, seria cômico se não fosse trágico. O que essas crianças de fato ganharam? Vamos elucidar: A escola pública que por ventura exista lá se transformará de qualidade? Eles terão empregos? Saneamento básico? Família estruturada? Não sofrerão mais discriminação social ou racial? Pararão de sofrer abusos sejam sexuais, psicológicos ou financeiro? Terão de fato oportunidade de estudar e de ter uma alimentação saudável?
Nossa, a retirada deles realmente mudou muita coisa lá por dentro: Não vai ter mais mauricinhos e patricinhas entrando ou mandando alguém comprar a droga dentro da favela; Não vai ter mais policial corrupto vendendo armas pra os bandidos malvados.
A burguesia fede, hipócrita, financiadora do tráfico e grande contribuinte pra desigualdade no país desde que o Brasil ainda eraPindorama.
Sem falar na qualidade dos programas de domingo dessa emissora, aliás de todos os dias. Mas destaque pra o filme: Um dia depois de amanhã e o programa de Regina Casé, que apesar dos pesares se mostrou com potencial.
Semana de dor e dos horrores, kkkkkkk!
Assista abaixo o vídeo da Unesco que uma vez na vida conseguiu ter um discurso acertado sobre a questão racial no Brasil, estrelado por um afrobrasileiro, Lázaro Ramos.

video